terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

09 de fevereiro, todos às ruas! Dia Nacional de Luta Contra o Aumento das Passagens!

Por Edilson Silva



“Quem não se movimenta não sente as correntes que o prendem”. Esta afirmação é creditada a Rosa Luxemburgo, revolucionária socialista alemã do início do século passado. A afirmação de Rosa cabe como uma luva nas mobilizações contra a situação dos transportes públicos no Brasil. O povo quer se movimentar, quer ter mobilidade, mas o sistema de transporte não permite. É ruim, caro, lento e quente, no caso do nordeste.

A juventude, rebelde pela própria natureza – e felizmente é assim -, é quem mais sente estas correntes. Estudar, trabalhar, transitar, ter acesso à cidade, viver, é um direito, direito humano a locomover-se, direito negado pela mercantilização do transporte público.

Há anos esta pauta vem se construindo espontaneamente nas maiores cidades brasileiras e no imaginário de amplas parcelas da população. À frente da luta, a juventude, mas também trabalhadores e trabalhadoras, gente simples das cidades, populares, gente que quer e precisa locomover-se e é impedida pela catraca do lucro dos empresários deste capitalismo sem risco, parceiro do Estado.

No próximo dia 09 de fevereiro, várias cidades brasileiras vão sentir o manifesto articulado desta luta nacional. Por enquanto estão programadas para fazer manifestações Belo Horizonte, Guarulhos, Joinville, Rio de Janeiro, Blumenau, Florianópolis, Vitória, Teresina e Recife. A pauta nacional é Contra o Aumento das Passagens; Passe Livre e melhoria nas condições do transporte público.

Em Recife, estamos mobilizados há pelo menos duas semanas contra o aumento das tarifas e o Comitê Popular Contra o Aumento das Passagens está organizando uma grande manifestação para o dia 09 de fevereiro, com concentração a partir das 13 horas no Ginásio Pernambucano. A sociedade de conjunto precisa participar. Um transporte público acessível e de qualidade só será obra da mobilização popular.

Presidente do PSOL PE e participante do Comitê Popular Contra o Aumento das Passagens em Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário