quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Resistência anti-nuclear em Recife



Por Edilson Silva

Acontece esta semana em Pernambuco um evento de forte simbologia no universo da luta ecológica. Trata-se da 1ª Semana Anti-Nuclear de Recife, organizada pelo MESPE (Movimento Ecossocialista de Pernambuco), entidade da sociedade civil que congrega ambientalistas que militam numa perspectiva socialista, com o apoio de outras organizações, como o Greenpeace e a Articulação Anti-Nuclear Brasileira.

A semana anti-nuclear teve início nesta quarta-feira, 10/08, com o lançamento da revista ECOSS, do MESPE, com o tema “Reflexões sobre Energia Nuclear”. O lançamento foi no excelente espaço do Centro Cultural dos Correios, no bairro do Recife Antigo.

O primeiro número da revista ECOSS é uma coletânea de textos, prefaciada pelo professor Célio Bermann, da USP, e traz artigos de pesquisadores e ativistas políticos e sociais: João Suassuna (Fundaj), Clovis Cavalcanti (Fundaj), Michael Löwy (Centre National de La Recherche Scientifique – França), Heitor Scalambrini (UFPE), Paulo Ubiratan (UFPE), Roberto Malvezzi (CPT - Comissão Pastoral da Terra), Daniel Coelho (deputado estadual – PV/PE) e Edilson Silva (presidente do PSOL-PE e um dos fundadores do MESPE).

Simultaneamente ao lançamento da revista, foi realizado o importante debate “Energia Nuclear e Desenvolvimento”, tendo como provocadores os professores Paulo Ubiratan (UFPE) e Heitor Scalambrini (UFPE) e o militante da CPT Roberto Malvezzi. Entidades importantes na luta pela racionalidade no processo de desenvolvimento também se fizeram presentes, como o FERU (Fórum de Reforma Urbana de Pernambuco) e a ONG FASE.

O deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP), também se fez presente para pedir apoio à tramitação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) de sua autoria, que busca inserir na Constituição Federal a proibição de construção de novas usinas nucleares no Brasil.

No dia 12/08, sexta, às 19 horas, no Teatro Apolo, também no Recife Antigo, a semana continua com o lançamento do cordel “Não queremos usina nuclear em Pernambuco, no nordeste e no Brasil”, de Alan Sales, e apresentação da peça “Bicho Homem”, também com Alan Sales e sua Trupe. O evento é aberto e gratuito.

Esta iniciativa acontece em Pernambuco por conta da marcha silenciosa que vem se dando para a construção de usinas nucleares no município de Itacoruba, às margens do São Francisco, no sertão pernambucano. O governo do estado, de forma dissimulada, vem retirando sistematicamente este tema da pauta de discussões da sociedade, enquanto os estudos e iniciativas de consolidação das usinas vai se dando de forma subterrânea, sem participação popular, sem audiências públicas.

A Semana Anti-Nuclear do Recife precipitou a unificação de um conjunto de iniciativas que já vinham se dando em torno do tema, tanto em nível nacional quanto em nível local. Os próximos passos na luta anti-nuclear serão dados agora em novo patamar, com novos atores, novas sínteses e, tão ou mais importante, com mais unidade e mais capacidade de interferir nos rumos do programa nuclear brasileiro.

Presidente do PSOL-PE

Facebook: Edilson Silva
twitter.com/EdilsonPSOL
edilsonpsol.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário